Menu

Um Canal Teológico 
e Apologético 

Jesus e Pedro foram crucificados?

20 JUN 2020
20 de Junho de 2020

Se você perguntar a uma Testemunha de Jeová de que maneira o Apóstolo Pedro morreu, provavelmente, dirá que Pedro foi crucificado de cabeça para baixo, e esse é um fato histórico aceito por todos os cristãos e corroborado pela história. Assim como atesta a Igreja Católica, as Testemunhas de Jeová reconhecem que Pedro morreu desta forma. Curiosamente, o Livro “O Maior Homem que Já viveu” atesta isso ao revelar uma previsão de Jesus relacionada ao apóstolo. Veja:

  • “Assim como Jesus foi preso e executado por levar a cabo a obra que Deus lhe comissionou a fazer, da mesma forma ele revela agora que Pedro terá uma EXPERIÊNCIA SIMILAR.” – (O maior Homem que já Viveu Cap. 130)

Assim, reconhecem que Pedro morreu executado de uma maneira similar à de Jesus, tal qual a Igreja Católica ensina, isto é, uma morte em uma cruz, só que de cabeça para baixo; por isso é SIMILAR mas não IGUAL à morte de Jesus. Vejamos agora o texto bíblico citado na publicação:

  • “Eu te digo em toda a verdade: Quando eras mais jovem, costumavas cingir-te e andar onde querias. Mas, quando ficares velho, estenderás as tuas mãos e outro [homem] te cingirá e te levará para onde não queres.” – (João 21:18)

Quando lemos o texto de João que eles citam, confirmamos que o apóstolo iria morrer crucificado, pois se diz que morreria com as “MÃOS ESTENDIDAS”. A profecia de Jesus ainda revela dois detalhes muito interessantes que não podemos deixar despercebidos, uma vez que isso poderia deixar margem para uma negação por parte das Testemunhas de Jeová. Veja que Jesus disse a Pedro que “outro homem lhe cingiria” e o “levaria onde não queria ir”. O que isto significa? Os termos são claros. Significam que outra pessoa vestiria a Pedro em vestes funerárias e que o “levaria para onde não queria ir”, isto é para um túmulo memorial.

A história cristã revela que Pedro governou a Igreja na cidade de Jerusalém por dez anos, na Judeia, Samaria, no litoral e em Antioquia. Por fim, em 42 D.C. a sede da Igreja foi transferida para a cidade de Roma para beneficiar a evangelização. Quando Nero governava, em 67 D.C. , Pedro teria sido preso e crucificado nos arredores de Roma onde hoje está o Vaticano. A tradição apostólica diz que quando ia ser crucificado, Pedro pediu aos carrascos que o crucificassem de cabeça para baixo dizendo:

  • Não sou digno de morrer como meu mestre Jesus!

Assim como registrou a Igreja Católica, Pedro morreu com as mãos estendidas e não levantadas, como as TJs pintam Jesus o que acabou confirmando a previsão de Jesus revelada ao apóstolo. Isso é de fato um detalhe bastante convincente que nos ajuda a crer que Jesus morreu em uma CRUZ e que Pedro TAMBÉM, com a diferença da posição dos corpos.

Como sempre, as TJs contradizem a si mesmas através do que dizem em sua literatura.

Por: Israeloctavio Hernandez e Osmanito Torres

www.extj.com.br/jesus-e-pedro-foram-crucificados/

FONTE - CACP.ORG.BR 


Voltar


CANAL  INFLUENCIANDO GERAÇÕES 
Acesse no canal no YOUTUBE